Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Anathema

"Todos elogiam o sonho, que é o descansar da vida. Mas é o contrário, Doutor. A gente precisa do viver para descansar dos sonhos"

Anathema

"Todos elogiam o sonho, que é o descansar da vida. Mas é o contrário, Doutor. A gente precisa do viver para descansar dos sonhos"

...

20.08.22, Anathema

 

Não é a família que faz as pessoas. São as pessoas que fazem a família. Por isso é que há amigos que são família e há famílias em que não há amigos. Há famílias em que as pessoas não são amigas. O grau de parentesco não chega para unir uma família, só o grau de amor, num superlativo sem comparação, pode estabelecer o vínculo para lá do que determina a árvore genealógica. A árvore genealógica pode vir de longe e não ter raízes fundas. Pode ter muitos ramos e em nenhum se abrigar um ninho. Não é o facto de pertencer a uma família que faz com que exista sentimento de pertença; é a existência do sentimento de pertença que estreita os laços e não deixa que se desfaçam. Não é a família que justifica o amor, é o amor que justifica a família. Pouco pode o tronco de uma árvore genealógica contra corações que não entroncam uns nos outros.

lado.a.lado