Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Anathema

"Todos elogiam o sonho, que é o descansar da vida. Mas é o contrário, Doutor. A gente precisa do viver para descansar dos sonhos"

Anathema

"Todos elogiam o sonho, que é o descansar da vida. Mas é o contrário, Doutor. A gente precisa do viver para descansar dos sonhos"

...

28.01.22, Anathema

 

Aquilo que te quero deixar não são só as palavras. É que nem sempre estou nas palavras que escrevo, porque o que escrevo nem sempre me escreve. Nem sempre me deixo ficar nas palavras que deixo. Aquilo que digo nem sempre fala por mim. Quem escreve tem em si quem não é. Tu sabes. E sabes que as palavras não são só o que dizem, mas o que querem dizer. E o que eu quero dizer, independentemente das palavras, é que o sentido da vida está naquilo que nos faz viver. Não é tanto o que escrevo, mas a razão por que escrevo. A razão por que escrevo estará sempre presente nas palavras que escrevo, mesmo que eu não esteja presente nelas. Escrevo para sair de mim. Quem escreve para sair de si não quer ser encontrado, antes quer que alguém se encontre no que não escreveu.

lado.a.lado