Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Anathema

"Todos elogiam o sonho, que é o descansar da vida. Mas é o contrário, Doutor. A gente precisa do viver para descansar dos sonhos"

Anathema

"Todos elogiam o sonho, que é o descansar da vida. Mas é o contrário, Doutor. A gente precisa do viver para descansar dos sonhos"

...

 

O mais pesado dos fardos nos esmaga, nos faz dobrar sob ele, nos esmaga contra o chão.

O fardo mais pesado é, portanto, ao mesmo tempo a imagem da mais intensa realização vital.

Quanto mais pesado o fardo, mais próxima da terra está nossa vida, e mais ela é real e verdadeira.
Por outro lado, a ausência total de fardo faz com que ele voe,

se distancie da terra, do ser terrestre, faz com que ele se torne semi-real,

que seus movimentos sejam tão livres quanto insignificante.

Mesmo nossa própria dor não é tão pesada como a dor co-sentida com outro,
pelo outro, no lugar do outro, multiplicada pela imaginação, prolongada em centenas de ecos

 

"...as metáforas são perigosas. Não se brinca com as metáforas. O amor pode nascer de uma simples metáfora."

 

O seu drama não era o drama do peso, mas o da leveza.

O que se abatera sobre ela não era um fardo, mas a insustentável leveza do ser.

 

Milan Kundera...