Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Anathema

"Todos elogiam o sonho, que é o descansar da vida. Mas é o contrário, Doutor. A gente precisa do viver para descansar dos sonhos"

Anathema

"Todos elogiam o sonho, que é o descansar da vida. Mas é o contrário, Doutor. A gente precisa do viver para descansar dos sonhos"

...

...

...

...

...

...

...

 

- Fica-te tão bem o dia que trazes. Onde é que o arranjaste?
- Fui eu que fiz. Já me aborreciam os dias sempre iguais, sempre a mesma coisa, e resolvi arriscar um toque personalizado.
- E como fizeste?
- Aproveitei coisas que tinha e a que voltei a dar uso. Subi as bainhas da manhã para deixar entrar mais claridade e bordei uns pontos de exclamação nos bolsos para ter sempre à mão maneira de me espantar com a beleza da vida. Descosi velhos hábitos e teci algumas considerações importantes, como a de apanhar as malhas caídas dos dias com força de vontade e coragem. Depois, junto à fímbria da noite, deixei abertos uns rasgos de imaginação e prendi os sonhos com colchetes de luz à esperança num mundo melhor.
 
lado a lado

...

 

- Deixa-o ir.
- Mas eu amo-o.
- Então ama-o.
- Mas sinto falta dele.
- Então sente falta dele.
- Sempre que você pensar nele, envie-lhe Amor e Luz. Depois deixe o pensamento ir.
Você tem medo de deixá-lo ir porque depois você estará sozinha. Mas aqui está o que você precisa entender, se você limpasse todo esse espaço que você ocupa na sua mente por ficar obcecado por ele, você teria uma porta e sabe o que o universo faria ao vê-la?
Entrar.
Iria entrar e encher-te com o Amor mais lindo que você já conheceu.
Então, pare de usá-lo para bloquear aquela porta. Deixa-o ir de uma vez.
 
-“Comer, rezar e amar”

...

...

Pág. 1/2