Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Anathema

"Todos elogiam o sonho, que é o descansar da vida. Mas é o contrário, Doutor. A gente precisa do viver para descansar dos sonhos"

...

27.05.22

 

Nem sempre sou quem queria. Nem sempre faço o que está certo. Reconheço a minha imperfeição quando me olho ao espelho dos dias. Ao longo do caminho, tenho tentado que a minha natureza imperfeita não magoe ninguém. Tenho tentado não chegar tarde a quem precisa de mim. Nem sempre fui capaz de chegar a horas. Sei que às vezes não estive com atenção, sei que nem sempre fui capaz de ouvir. De retribuir. Sei que fiquei aquém. Nem sempre fui ponte ou chão. Devia ter sido capaz de unir as margens ou de abrir caminho. Nem sempre fui. Nem sempre tive força para me vencer.
Cada dia é sempre uma oportunidade de ser melhor. Uma oportunidade para darmos oportunidade ao melhor que há em nós. O espelho dos dias não reflete só a nossa imperfeição, mas todas as flores que abrem à passagem do nosso sorriso.
 
lado.a.lado

...

25.05.22

...

25.05.22

 

"Tenho paciência e penso: Todo o mal traz consigo algum bem."
 
Ludwig Van Beethoven

...

24.05.22

 

"Porque nada volta a ser como era antes. Depois que algo é quebrado sempre vão existir marcas que vão provar que algo esteve errado. Não existem segundas chances quando um coração é magoado. Não existem outras oportunidades para algo que se deixou passar."
 
Caio Fernando Abreu

...

24.05.22

 

Ela ia a passar. O rapaz era novo e estava sentado. Ocupava o espaço de quem não encontra um lugar. No meio da cidade, há pessoas de parte. Ela ia a passar e ele estendeu a mão. Era mão de pedir. Ela baixou-se e ele levantou os olhos. O rapaz era novo, mas os seus olhos tinham a idade que nunca chegaria a ter. Ela abriu a carteira e tirou uma moeda e deu-lha. A mão do rapaz fechou-se e o rosto abriu-se num sorriso: - Mantenha-se linda.
Tinha mão de pedir e coração de dar.
 
lado.a.lado

...

24.05.22

...

24.05.22

 

O tempo passa. O tempo passa, sim, mas não altera as coisas que vivemos ou sentimos. Aconteceram e pelo facto de terem acontecido nunca desaparecem. Pode mudar o nosso ponto de vista acerca dessas coisas, porque a distância age sobre a forma de ver, mas não as modifica. Quando as coisas ou as vidas terminam, é porque existiram. Nada acaba sem ter começado. Por isso, nada desaparece. O fim de uma coisa é só a prova da sua existência.
Podemos pensar que as coisas acabam porque o tempo as gasta ao ir passando, mas eu prefiro pensar que as coisas ficam quando o nosso tempo se gastar. Fica aquilo que soubermos e quisermos deixar.
 
lado.a.lado

...

23.05.22

...

23.05.22

...

21.05.22

 

Querendo ou não, iremos todos envelhecer. As pernas irão pesar, a coluna doer, o colesterol aumentar. A imagem no espelho irá se alterar gradativamente e perderemos estatura, lábios e cabelos. A boa notícia é que a alma pode permanecer com o humor dos dez, o viço dos vinte e o erotismo dos trinta anos. Erótica é a alma que se diverte, que se perdoa, que ri de si mesma e faz as pazes com sua história. Que usa a espontaneidade pra ser sensual, que se despe de preconceitos, intolerâncias, desafetos. Erótica é a alma que aceita a passagem do tempo com leveza e conserva o bom humor apesar dos vincos em torno dos olhos e o código de barras acima dos lábios; erótica é a alma que não esconde seus defeitos, que não se culpa pela passagem do tempo. Erótica é a alma que aceita suas dores, atravessa seu deserto e ama sem pudores...
 
Fabíola Simões

Pág. 1/4

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub